Twilight DESTINYs



 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Tópicos similares
CALENDÁRIO
Últimos assuntos
» Flood até a página 100.
Sab Mar 11, 2017 11:46 am por Roberta R. C. M. Volturi

» HIYAAAAAAAAA
Sab Mar 11, 2017 11:41 am por Roberta R. C. M. Volturi

» Heey negada! Sua mineirinha voltou :PP
Ter Mar 24, 2015 6:28 pm por Roberta R. C. M. Volturi

» Pergunte ao Outro
Sex Jun 06, 2014 4:44 pm por Mônica Fox Mitchell

» Registro de Sobrenomes ~
Qui Mar 07, 2013 1:13 pm por John Josefh Warner

» Ficha de personagem
Qui Mar 07, 2013 1:08 pm por John Josefh Warner

» [FP] Alice S. Parker {Híbrida}
Qua Ago 22, 2012 6:35 pm por Camily J. Conard

» A Encruzilhada
Qua Ago 22, 2012 7:39 am por Mônica Fox Mitchell

» Dawnguard I - The Hunt
Sex Ago 03, 2012 1:06 pm por Matt A. Sanders

Link-Us

Twilight Destiny's

Clique no Botão Para Saber Como
Top dos mais postadores
Camily J. Conard
 
G. C. Volturi
 
Rafael D. Michelângelo
 
Bruna Black
 
Alice F. P. von Rozen
 
Matt A. Sanders
 
Felipe Black
 
Henrique S.C
 
Mônica Fox Mitchell
 
Persephone B. Cavalier
 

Compartilhe | 
 

 Resenha de Crepúsculo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Alice F. P. von Rozen
Vampire Leader - Admin
Vampire Leader - Admin
avatar

Mensagens : 1758
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 23
Localização : Forks.

Perfil Twilighter
Advertências:
0/10  (0/10)
Nível:
100/100  (100/100)
EXP:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Resenha de Crepúsculo   Sab Abr 17, 2010 4:41 pm

Resenha Do Filme Crepúsculo

Dificilmente algum autor superara a história de “Romeu e Julieta” escrita por William Shakespeare. Há histórias de amor tão interessantes quanto. Porém o “amor impossível” cunhado pelo autor inglês, serve de inspiração para milhares de roteirista e dramaturgos e autores.
“Crepúsculo”, escrito por Stephenie Meyer foi traduzido para mais de 37 países, vendeu 17 milhões de cópias pelo mundo todo e se tornou um fenômeno adolescente. “Harry Potter” e sua namoradinha mestiça já virou passado.
Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson) se apaixonam na primeira vez que se olham. Ela fica instigada pela figura exótica, apática e misteriosa do colega de sala, ele louco para beber o sangue da “Bella” e novata mortal.
Estabelecido o “conflito”, “Crepúsculo” se mostra um filme atraente, sedutor e voyeristico. A possibilidade de um namoro tradicional não é possível. Edward é um vampiro, que se esforça para não precisar de sangue humano. Mas o cheiro de Bella o entorpece e faz com que entre a sedução e o medo de falhar se aproxime da amada.
Em “Crepúsculo”, não há beijos ardentes, cenas quentes de sexo, corpos nus e música pop. No filme o sugerido tem mais espaço do que é mostrado e torna idílica a relação de amor entre Bella e Edward.
Ele não pode tocá-la, pois tem medo de não resistir e “literalmente” sugar o amor que sente por ela. Bella quer ser amada na sua plenitude, nem que para isso precise virar uma imortal como Edward. Quer dar seu sangue como símbolo maior do seu amor.
Em certo momento ela diz querer viver com ele para sempre. Ele responde: uma vida longa e intensa não basta?
Eis ai o grande “segredo” de “Crepúsculo” como evitar a atração que os jovens sentem pelo perigo e para o impossível?
A cena em que assumem um para o outro seus sentimentos é retratada numa floresta e nada mais clichê - e porque não romântico? - que duas pessoas em meio à natureza derretendo-se um para o outro.
“Crepúsculo” seduz, mescla romantismo com imaturidade, estabelece conflitos, trabalha com o imaginário do amor impossível, os atores criam empatia na primeira cena e tirando alguns trechos que de tão improvável soam inverossímeis, dá conta do recado e põem a platéia do cinema para suspirar. O público não se importa que a história seja adolescente, tudo o que quer é um amor inebriante, impulsivo e passional. Depender um do outro como se depende de uma droga ilícita – por exemplo – permeia a cabeça e os desejos de muitos.
Se o amor é uma espécie de droga, “Crepúsculo” é um exemplo – mesmo que prematuro - dos efeitos que ela pode vir a causar. Resgate aquele amor adolescente dentro de ti e se divirta.


| O tumblr mais perfeito do mundo <3 |


"Na noite em que você não estava comigo, pude sentir pela primeira vez
toda a dor em meu coração..." - MUCC

| Entre, sente e tome um chá, eu só quero conversar! |
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://i-am-black-rock-shooter.tumblr.com
Feez Cullen
Novato
Novato
avatar

Mensagens : 107
Data de inscrição : 23/01/2011
Idade : 20
Localização : Mansão dos Cullen - Forks - Washington

Perfil Twilighter
Advertências:
10/10  (10/10)
Nível:
100/100  (100/100)
EXP:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: Re: Resenha de Crepúsculo   Seg Jan 24, 2011 11:35 am

Eu já fiz vários trabalhos sobre o William Shakespeare.

Enquanto ao tópico, muito bom! Adorei mesmo. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mônica Fox Mitchell
Iniciante
Iniciante
avatar

Mensagens : 1444
Data de inscrição : 04/07/2011
Idade : 19
Localização : unknown

Perfil Twilighter
Advertências:
0/10  (0/10)
Nível:
4/100  (4/100)
EXP:
780/1000  (780/1000)

MensagemAssunto: Re: Resenha de Crepúsculo   Qui Jul 14, 2011 1:26 pm

LOL sem palavras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://unlatch.wall.fm
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Resenha de Crepúsculo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Resenha de Crepúsculo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Sinopse] Detalhes Sórdidos
» [K-DRAMA] Sungkyunkwan Scandal
» [C-MOVIE] You Are My Sunshine
» C-Dramas Fox Summer/Coolest/Hu Li De Xia Tian/ Fox Falls in Love

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Twilight DESTINYs :: Twilight Arena :: Filmes :: Crepúsculo-
Ir para: